18 março 2014

Musicas da Sarah Renata

                              Ei amores hoje eu tava ouvindo um CD que há tempos era pra ter ouvido e nunca ouvia ai hoje tirei o tempinho e tava ouvindo e confesso que me apaixonei pelo estilo musical dessa garota sabe uma coisa que você sente aquela leveza aquele ah puro então foi isso que sentir ao ouvir as musicas delas e tão inspiradas eu adorei bem fofo o estilo musical dela quanto o estilo de roupa dela separei algumas musicas dela para vocês verem e bem legais bora conferir e curtir.


                            
         

                                                Um coração disposto a servir
                                                 E obedecer ao teu querer
                                                É o que anseio, meu Senhor
                                           Não quero mais viver os meus sonhos
                                               Não quero mais viver para mim
                                              Quero viver pra elevar o Teu nome
                                       Pois os Teus sonhos são maiores que os meus

           

                                                      Tem ciúmes de mim
                                                O Seu amor é como um furacão
                                        E eu me rendo ao vento de Sua misericórdia
                                      Então, de repente, não vejo mais minhas aflições
                                                       Eu só vejo a glória

            

                                                   Noite que passa em claro
                                                     Tentando se encontrar
                                             Debaixo da lua, qual é o meu lugar
                                          Estrela cadente, que passa e ninguém vê
                                            Mas deixa seu rastro rasgando o céu
                                                            Me deixe te ver

             
                         
                                                       Eu bem que eu quero
                                                      Esse não posso fazer
                                                        E o mal que eu fujo
                                           Me persegue e insiste em me levar
                                             Se a minha mente ainda é fraca
                                                 Ao ponto de querer o mal
                                                 O que fazer? Pra onde ir?
 


                                            E isso ai beeijinhos da Jôr  







Nenhum comentário:

Postar um comentário