25 outubro 2015

O dia em que você se salva


É difícil, e ao mesmo tempo simples. Você sente quando está afundando, sente quando não tem a mesma magia de antes..., a depressão é considerada o fim, ou seja, a dor mais funda e profunda da vida. Todos já fomos depressivos, em qualquer aspecto, qualquer segundo, mas a diferença é que você procura se salvar. 

Viver é a forma que achamos de ser feliz, ou, na depressão, triste. Acontece que existem fases, e, todas elas passam, inclusive as pessoas. A gente precisa entender, que quando sente algo no coração, ás vezes é um choque para você literalmente tocar-se que ainda está vivo. Então, ás vezes nem seria experiências ruins, mas sim, um empurrãozinho da vida.

Essa é a graça que eu acho em estar vivo. A gente é tão bipolar, tão diferente, que não precisamos de psiquiatras porque ás vezes nós somos eles para nós mesmos. A gente se entende e não esconde nada de nós mesmos.

Essa é a mensagem que eu queria falar para vocês. Ás vezes as coisas andam tão ruim que você fecha os olhos e imagina algo diferente daquilo..., mas acontece que talvez isso que você imagina te prejudicaria quão sua situação atual. Ninguém tem certeza de nada, ninguém, na verdade, quis suicidar-se..., apenas queriam que uma fase passasse. É questão de ser fiel ao próprio tempo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário